Blog Biológico

Conheça os 6 tipos de ultrassom mais recomendados para as mulheres

Para garantir que a saúde esteja em dia, é essencial, além das consultas, realizar exames preventivos periódicos. Através deles podem ser detectadas doenças ou disfunções em estágio inicial. Em mulheres, há a necessidade de um acompanhamento especial e exames específicos de imagem para complementar os habituais solicitados pelos ginecologistas. 

Existem seis tipos de ultrassom mais recomendados para o acompanhamento da saúde das mulheres durante a vida e a gestação, para fins de check-up ou em casos de algum tipo de sintoma. Confira abaixo. 

1. Ultrassom das mamas

Esse exame de imagem é realizado principalmente quando há a necessidade de analisar a densidade mamária ou avaliar alguma alteração palpável que foi notada durante a realização do exame físico. Existem casos onde a mamografia não foi conclusiva e então o ultrassom de mamas é feito, portanto, é complementar a ela. 

Recomendações

  • Pacientes com queixa de alteração palpável;
  • Pacientes com alterações vistas na mamografia com necessidade de avaliação complementar;
  • Pacientes com histórico familiar de câncer de mama;
  • Pacientes que necessitam de avaliação de implantes de silicone;
  • Pacientes que não podem ser expostas a exames com radiação ionizante, como gestantes.

2. Ultrassom pélvico e/ou transvaginal

O objetivo do ultrassom pélvico é avaliar o sistema reprodutor, como útero, endométrio e ovários, sendo importante para: detectar disfunções ou doenças como endometriose, cistos, miomas, pólipos uterinos, tumores, sangramentos uterinos e gravidez ectópica. Além disso, também é realizado para acompanhar a gravidez, controlar a ovulação em mulheres que desejam engravidar ou realizam tratamentos de infertilidade e para identificar a posição do DIU.

Recomendações

  • Mulheres que identificam irregularidade na menstruação ou sangramentos excessivos;
  • Pacientes com queixa de dor aguda ou crônica na região pélvica;
  • Pacientes com suspeita de doenças ou disfunções;
  • Pacientes que usam DIU.

3. Ultrassom do abdome superior

O ultrassom do abdome superior auxilia na avaliação do fígado, vesícula biliar, baço, pâncreas, rins e intestino. Sendo importante para: localizar cálculos, avaliar a presença de tumores, cistos e abscessos, avaliar a presença de dilatações ou estreitamento das principais artérias do abdome.

Recomendações

  • Pacientes com queixa de dores na região do abdome;
  • Complementação de exames clínicos e de sangue;

4. Ultrassom da tireoide

O ultrassom da tireoide é utilizado para analisar a glândula da tireoide, localizada na parte anterior do pescoço, responsável por regular o metabolismo do nosso organismo.

Recomendações

  • Pacientes com histórico de variação ou doença hormonal;
  • Pacientes com histórico de câncer de tireoide na família;
  • Pacientes que apresentam nódulos palpáveis e visíveis;

5. Ultrassonografia obstétrica 

Recomendado desde as primeiras semanas de gestação, o ultrassom obstétrico é um exame importante e necessário para a rotina do cuidado com as gestantes, permitindo ouvir os batimentos cardíacos do bebê, observar os movimentos, a respiração, além de permitir avaliar a placenta e o líquido amniótico que envolvem o feto. 

6. Ultrassom obstétrica com doppler colorido

O ultrassom com doppler colorido é importante para identificar hipertensão arterial, também conhecida como pré-eclâmpsia, e observar o fluxo sanguíneo da mãe e do bebê.

É recomendada a realização durante o primeiro trimestre ou ao final da gestação para mulheres com gravidez sem risco e para gestantes com suspeita de pré-eclâmpsia e pressão alta é considerado obrigatório. 

Todos os exames de imagem listados podem ser solicitados por ginecologistas quando julgado necessário, conforme histórico da paciente, e realizados pelo Biológico. 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Artigos Relacionados

AGENDAR EXAMES

Escolha como você gostaria de agendar: